20 Sugestões Para Ser Mais Feliz

Hoje encontrei no tumblr uma simples lista com dicas para ser feliz. Espero que gostem, pois eu adorei! Leiam e levem esses itens para suas vidas.

01. Elogie 3 pessoas por dia

02. Assista ao nascer do Sol pelo menos uma vez por ano

03. Tenha um aperto de mão firme

04. Olhe as pessoas nos olhos

05. Cante no chuveiro

06. Gaste menos do que você ganha

07. Saiba perdoar a si e aos outros

08. Aprenda três piadas boas, mas inocentes

09. Devolva tudo o que pegar emprestado

10. Trate a todos que você conhece assim como gostaria de ser tratado

11. Faça novos amigos

12. Saiba guardar segredos

13. Não adie uma alegria

14. Reconheça seus erros

15. Sorria, não custa nada e não tem preço

16. Não reze pedindo coisas, só sabedoria e coragem

17. Dê as pessoas uma Segunda Chance

18. Não tome nenhuma medida enquanto estiver zangado

19. Dê o melhor de si no seu trabalho

20. Jamais prive uma pessoa de esperança, pode ser que ela só tenha isso.

Anúncios

É sexta-feira, amor!

Sexta-feira é o dia mundial da felicidade! Tá todo mundo feliz, animado para o fim de semana, sair, beber, fazer merda, ou simplesmente ficar em casa comendo pizza e vendo aquele DVD antigo de 2005 que você alugou na locadora da esquina. Ultimamente eu não ando fazendo nenhum dos dois, ando só ficando em casa mesmo, no meu computador, comendo o almoço requentado e insistindo a cada 5 minutos para minha mãe abaixar o volume da TV enquanto eu aumento o volume das minhas musicas aqui. Se eu estou feliz com essa situação? NÃO! Eu adoraria estar fazendo qualquer uma das duas opções acima, mas é final de mês e não tenho dinheiro para sair, e o aparelho de DVD foi roubado no ano passado e minha mãe ainda não comprou um novo (além da dieta que eu estou fazendo muito mal, que me impede de comer pizza).

Mas mesmo assim, sexta-feira ainda é feliz para mim! É o dia em que eu volto da escola, jogo a mochila no canto e sei que vou ficar 3 dias sem nem precisar abri-la para ver quais matérias terei no dia seguinte. Também fico feliz por poder dormir tarde, já que sábado não tem aula. Sexta-feira é o dia que eu escolho para ver as series atrasadas, ou as que lançam episodio na quarta.

Então, para celebrar essa sexta, escolhi a musica de Cicero – Ponto Cego. Ouçam, pois é sexta-feira, amor!

Sexta-Feira

Karen se sentia uma prostituta. Ela vestia uma blusa preta que deixava muito dos seus seios a mostra, um short e seu velho e fiel all star vermelho. Sua maquiagem não estava pesada e seus cabelos vermelhos desciam até abaixo do ombro, lisos com a chapinha. Andava um pouco rápido demais pelas ruas da cidade, queria logo chegar até a praça, queria estar com pessoas, beber e fumar, e principalmente, esquecer a si mesma.

“Eu não quero ficar aqui”, havia pensado horas antes. Estava cansada de ficar em frente ao seu computador, vestida com o seu pijama do Mickey e vendo episódios antigos de series. Podia estar fazendo mil outras coisas que lhe entreteria, mas a preguiça a mantinha naquela cadeira, então tinha se decidido por sair. Pegara seu dinheiro, vestira aquela roupa e foi encontrar pessoas.

As luzes dos carros ofuscavam sua visão, mas ela sabia que haveria pessoas lá, já podia ouvir suas vozes e sentir seu cheiro. Subiu as escadas, cumprimentou todos que estavam ali e se sentou. Em poucos minutos entregaram-lhe um copo com vodka, ela o bebeu de um só gole, sorrindo para a pessoa que havia lhe dado.

Era só isso que eram, pessoas. Conhecia seus nomes, talvez um pouco de suas historias, mas não se sentia ligada a eles, então eles se transformavam apenas em pessoas. Criaturas com rostos, cérebros, membros e energia.

Alguém trouxe drogas, ela aceitou a maconha. Em pouco tempo aquele cheiro doce de erva queimada entrou pelo seu nariz e o efeito sobre sua mente deixava tudo mais brilhante e bonito. Ela podia gritar, dançar, fazer sexo e tudo seria diferente por causa do que eles chamavam de Alice. Por um momento podia sentir o que Lewis Carroll sentira ao escrever toda aquela historia psicodélica, podia entendê-lo. Sentiu-se por não ter papel e caneta naquele momento, queria desenhar o que estava pensando, apesar de saber que era melhor com as letras.

Levantou-se do banco e foi até a vodka, pegou um copo e encheu com o liquido. Não bebeu de uma vez, como havia feito com o anterior, mas pouco a pouco, saboreando o gosto forte do álcool.

Era isso que Karen queria, não era? Queria se esquecer, fugir, ser apenas mais uma pessoa entre tantas. Ela não tinha mais tanta certeza se era o certo, mas não tinha como voltar atrás.

Ela então continuou. Fez coisas que se arrependeria se estivesse sóbria, sem pensar que poderia se meter em problemas ou se matar, apenas fez o que viera fazer ali, viver uma sexta-feira como tantos outros diziam que devia se viver.

A Bossa Nova é Foda!

Atualizado com o clipe de Um Abraçaço

Eu não sei se eu estou certa, nem de que o que eu vou dizer é verdade, mas eu sinto que ultimamente os jovens brasileiros andam dando mais destaque a musica nacional que a estrangeira, como alguns anos antes. E isso é uma coisa muito boa! Vemos mais pessoas ouvindo MPB, com tantos jovens cantores nesse estilo ultimamente. Temos como exemplo Mallu Magalhães, Tulipa Ruiz, Cícero e Tiê.

Recentemente eu ouvi o novo single de Caetano Veloso, um dos meus cantores prediletos, A Bossa Nova é Foda, e quase na mesma hora fui baixar seu novo álbum, Abraçaço. O álbum é puro amor! Caetano se deixa influenciar pelos novos ritmos, como o funk e não é raro ouvirmos guitarras pesadas em varias das musicas.

Não tenho muito o que dizer aqui, apenas ouça Caetano Veloso. É a melhor coisa que você poderia fazer.

Confira também o clipe de Um Abraçaço, a música-titulo do novo álbum de Caetano, feito com imagens de fãs enviadas pelo instagram.

Summer Wine

Ontem, uma das minhas cantoras preferidas, a Lana Del Rey divulgou o clipe de um cover que ela fez com o namorado, Barrie-James O’Neill da banda Kassidy. A música é Summer Wine, cantada originalmente por Suzi Jane Hokom e Lee Hazlewood em 1966, mas ficou famosa nas vozes de Nancy Sinatra e Lee Hazlewood em 1967.

O clipe segue o mesmo estilo que a cantora usou em Summertime Sadness. E o mais interessante, é que esse clipe foi todo filmado pelo iPhone dela.

Summer Wine

Strawberries, cherries and an angel’s kiss in spring
My summer wine is really made from all these things

I walked in town on silver spurs that jingled to
A song that I had only sang to just a few
She saw my silver spurs and said
Let’s pass some time
And I will give to you summer wine
Oh, humm… summer wine

Strawberries, cherries and an angel’s kiss in spring
My summer wine is really made from all these things
Take off your silver spurs and help me pass the time
And I will give to you summer wine
Humm… summer wine

My eyes grew heavy and my lips
They could not speak
I tried to get up but I couldn’t find my feet
She reassured me with an unfamiliar line
And then she gave to me more summer wine
Humm… summer wine

Strawberries, cherries and an angel’s kiss in spring
My summer wine is really made from all these things
Take off your silver spurs and help me pass the time
And I will give to you summer wine
Humm… summer wine

When I woke up the sun was shining in my eyes
My silver spurs were gone
My head felt twice it’s size
She took my silver spurs, a dollar and a dime
And left me cravin’ for more summer wine
Ohh oh, summer wine

Strawberries, cherries and an angel’s kiss in spring
My summer wine is really made from all these things
Take off your silver spurs and help me pass the time
And I will give to you summer wine
Humm… summer wine
Humm… summer wine
Humm… summer wine

A Lana Del Rey é atualmente a cantora que mais tem scrobble no meu last.fm. Ouvi 382 músicas dela só esse mês e no meu computador, tenho em cerca de 117 músicas dela, incluindo os dois álbuns Born to Die e Paradise, dois álbuns que ela havia lançado mas depois saiu de circulação, o a.k.a Lizzy Grant e o Sirens, e o resto só de musicas não lançadas, demos e participações especiais.

Eu conheci a Lana quando a música Born to Die estourou. Foram tantos gifs do vídeo no tumblr, que eu acabei por vê-lo e me encantando, mas realmente me apaixonei por ela quando o clipe de Nacional Anthem foi lançado.

O estilo dela é um indiepop, cheio de musicas e melodias melancólicas. Então, se você não gosta de musicas tristes ou que parecem mais feitas para você dormir, Lana Del Rey não é para você. Mas se você não tem medo de se arriscar, pode ter certeza de que ela é uma das maiores cantoras da atualidade.

Rock of Ages – O Filme

Hoje a tarde eu fiz um balde de pipoca, me sentei em frente a esse computador e disse: “Eu vou ver um filme”. Bem, o único filme que eu tinha aqui para ver era Rock of Ages – O Filme. Eu, como uma boa amante do rock adorei assistir esse filme! Eles pegaram grandes musicas do verdadeiro Rock & Roll como Paradise City, Wanted Dead or Alive e I Love Rock n Roll. Esse filme é um musical que se passa no ano de 1987 e como todo clichê sobre musica e Los Angeles, há uma garota do interior que se muda para essa cidade para seguir o seu sonho de ser cantora. A garota é Sherrie. Também como em todo clichê, ela encontra um garoto que trabalha em um bar famoso que arruma um emprego para ela. O garoto é Drew. E mais uma vez, como em todo clichê, os dois começam a namorar.

O filme pode até ser um grande clichê, mas tem muita coisa ao seu favor. As performances das músicas são incríveis. Eu me peguei esperando a cada segundo pelo novo sucesso a ser cantado e em algumas, acabei cantando junto. A escolha da trilha sonora foi algo que realmente me agradou muito, apesar de um enredo principal um pouco batido.

Outra coisa que vale a pena destacar são as tramas secundarias. O drama do grande deus do rock Stacee Jaxx, vivido pelo ator Tom Cruise, que após anos com sua banda já não consegue mais escrever uma só nova musica e não tem mais motivos para isso. Ele realmente roubou a cena, as vezes como um cantor egocêntrico, e outras vezes como um cara que está perdido no mundo, mas mesmo assim se entende. Tom Cruise roubou a cena na pele dele, e foi graças a ele que esse filme ganhou uma nota tão alta comigo. E ao Hey Man, claro.

Também não vou deixar de lado Dennis e Lonnie, que administram o famoso bar Bourbon, que está prestes a falir. Os dois são muito cômicos e em sua primeira cena eles cantam I Love Rock n Roll, e é uma cena impagável!

Então, se você gosta de um bom musical, um bom rock e um bom Tom Cruise fazendo garotas desmaiarem (literalmente), pegue seu balde de pipoca e faça como eu, vá ver Rock of Ages – O Filme!

Agridoce

Eu amo o cheiro que você tem.

Não o cheiro do seu perfume, ou do seu cabelo ou de sua pele, mas o cheiro que há entre suas pernas. É um cheiro agridoce, um pouco acido e um pouco doce. Combina contigo.

Eu estive amando esse seu cheiro a muito tempo, desde que o experimentei pela primeira vez naquele quarto de motel barato. Nós dois caindo de bêbados, mal lembrávamos nossos próprios nomes e nunca havia nos encontrado antes, mas mesmo assim acabamos ali e eu acabei por me apaixonar por seu cheiro.

No dia seguinte, minha cabeça doía e eu mal lembrava da noite anterior, mas não havia esquecido do seu cheiro. E como poderia? Esse cheiro, esse gosto, é difícil de esquecer. Ele marcou dentro de mim, como uma tatuagem, mas nem uma cirurgia seria capaz de tirá-lo dentro de mim.

Cheguei a procurar por outros cheiros como o seu, mas nunca fui capaz de encontrar. Alguns eram doces demais, outros eram azedos demais, e outros prefiro nem comentar. Estive então procurando pelo seu cheiro novamente, em festas, em bares, em esquinas, qualquer lugar do mundo em que você poderia estar.

Foi uma procura árdua, uma procura cansativa, mas nada me fez parar. Sim, cheguei a desistir por um tempo. Em algum momento ficar procurando vaginas para cheirar me fez parecer louco, mas logo que parei, senti necessidade de procurar novamente.

Ah querida, você não tem ideia do quanto me fez feliz ao te encontrar novamente. Quem diria que eu iria te encontrar em uma sessão de cinema? Quem diria que eu te cheiraria novamente na ultima fileira da sala? Mas eu estava louco, precisava de você, eu estava viciado em seu cheiro agridoce.

Agora não posso me manter longe, preciso de minhas doses de você. Te imploro, não se vá. Todos esses anos longe de seu cheiro foram torturantes e não há nada que eu possa fazer para reverter nossa situação, apenas conviver com ela. Mas se tiver de ir, vá, mas me ouça uma ultima vez.

Eu amo o cheiro que você tem.