Hippies, os malucos de estrada

Eu sempre tive uma quedinha pela cultura hippie. Desde que comecei a entender as culturas da segunda metade do século XX, os hippies dos anos 70 foram os que mais me agradaram. Eles pegavam suas kombis personalizadas e viajavam em turmas, aonde pregavam tudo o que era bom na Terra, o famoso “paz e amor”.

O que poucas pessoas sabem é que ainda existem hippies. E sim, aqui no Brasil.

Vocês provavelmente já viram vários daqueles artesões, perambulando pelas praças e ruas de suas cidades, vendendo brincos e jóias baratas. Alguns já devem ter visto eles tendo suas mercadorias apreendidas ou então fugindo da fiscalização. São hippies, ou malucos de estradas como são chamados entre si, tentando ganhar sua vida.

Hoje, brincando pelo facebook vi o link de uma pequena postagem em um blog com a manchete: Documentário chocante mostra como vivem os hippies hoje no Brasil (link). Abri por curiosidade e eles logo disseram sobre o projeto desse documentário, e lá embaixo um link para colaboração e um pequeno vídeo sobre o mesmo. Por eu ser uma pessoa totalmente atoa fui ver o vídeo.

Realmente, o titulo não havia mentido, era mesmo chocante as imagens, mas também eram bonitos. Vi a luta dos malucos de estradas para sobreviver na nossa atual democracia. Vi seus materiais sendo rasgados, vi eles chorando, vi eles gritando, e também vi eles sendo maltratados sem motivos pela policia de nosso país.

Não sou anarquista e nem saio gritando por aí: “ABAIXO AO GOVERNO!”, mas sei muito bem que a situação do nosso país não é nada bonita. Corrupção, violência e pouca estrutura para o povo. Vivemos em um lugar aonde só quem tem dinheiro consegue viver bem, e as opções de ganhar esse dinheiro raramente são honestas. Sou uma defensora dos injustiçados e ver aquelas cenas me cortaram o coração. Meu maior desejo era clicar naquele link e doar os 60.000 reais que eles necessitam para seu documentário, mas não tenho esse dinheiro todo e também não tenho como consegui-lo.

Sei que quase ninguém vai ler isso aqui, ou então ninguém já que esse é um blog abandonado a tempos, mas deixo aqui meu apelo. Veja o vídeo, sinta o sofrimento desses brasileiros que apenas querem viver em paz com seus artesanatos e viajar de cidade em cidade. Se puder, se isso tocar seu coração como tocou o meu, os ajude, seja um real ou cem, ou então como eu, divulgando, esperando que pessoas mais generosas também vejam e ajudem.

A internet é a voz da juventude e a juventude é o futuro do país, vamos mostrar que não esquecemos de todos os tipos de brasileiros, vamos mostrar que quando saímos de casa para brigar pelos 20 centavos da passagem não era só por isso, era por que queremos um país melhor para TODOS.

Para contribuir, clique nesse link.

Anúncios

Uma opinião sobre “Hippies, os malucos de estrada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s